Dono da empresa escolhendo o melhor pc para empresa

Melhor PC para empresa: saiba como escolher

Analise bem, por alguns instantes, onde está concentrada a maior parte das suas tarefas diárias — das mais corriqueiras às mais complexas — e você vai entender porque precisa do melhor PC para sua empresa.

Só que cada departamento e organização têm as suas respectivas necessidades. Daí, a importância em saber o que procurar no mercado.

É o que vamos te ajudar a entender ao longo deste post. Siga com a leitura dos tópicos abaixo e fique por dentro dos pontos-chave que devem nortear a sua avaliação!

Notebook ou desktop: qual é a melhor opção de PC para empresa?

Quando se trata de escolher o melhor PC para empresa, é importante considerar as necessidades específicas do seu negócio.

Por exemplo: você pode precisar do melhor PC para home office se esse modelo de trabalho é aplicado em sua organização. O que vai incluir a necessidade de mobilidade, espaço para alocar o equipamento e a versatilidade de cada produto.

Nesse ponto, inclusive, é que muito gestor esbarra nas dúvidas: notebook ou desktop?

Além dos pontos acima, vamos entender as diferenças entre ambos, e você vai perceber como a resposta vai surgir naturalmente após a nossa explicação.

Diferenças entre desktop e notebook

Colaborador usando o melhor pc para home office

Ao escolher o melhor PC para sua empresa, entender as principais diferenças entre desktops e notebooks é essencial. Afinal, são características que impactam aspectos como design, portabilidade, consumo de energia, personalização, resfriamento, performance e a experiência de uso geral. 

Vamos explorar esses pontos a seguir.

Design e portabilidade

Notebook: projetado para ser leve e fácil de transportar. Ideal para funcionários que precisam de mobilidade e flexibilidade, permitindo trabalhar de qualquer lugar.

Desktop: geralmente maior e fixo. É mais adequado para uso em um local fixo no escritório, oferecendo uma configuração mais estável e ergonômica.

Consumo de energia

Notebook: mais eficiente em termos de consumo de energia, já que é projetado para maximizar a duração da bateria. Pode funcionar por várias horas sem estar conectado à energia elétrica.

Desktop: consome mais energia, pois é projetado para desempenho contínuo e potente. Requer uma fonte de alimentação constante e pode aumentar os custos de energia da empresa.

Opções de personalização

Notebook: limitações em termos de upgrades. Componentes como memória RAM e armazenamento podem ser atualizados, mas com menos flexibilidade.

Desktop: alta capacidade de personalização. Facilmente expansível e atualizável, permitindo substituir ou adicionar componentes como placas gráficas, memória RAM, armazenamento e outros periféricos.

Resfriamento e performance

Notebook: tem sistemas de resfriamento mais compactos, o que pode limitar o desempenho em tarefas intensivas devido ao risco de superaquecimento.

Desktop: possui sistemas de resfriamento mais robustos, como ventoinhas e coolers líquidos, que permitem melhor gerenciamento de temperatura e, consequentemente, maior desempenho em tarefas exigentes.

Experiência de uso

Notebook: oferece conveniência e facilidade de uso em qualquer lugar, mas pode ter limitações em tamanho de tela e ergonomia, impactando a produtividade a longo prazo.

Desktop: proporciona uma experiência de uso mais confortável com telas maiores, teclados e mouses ergonômicos, melhorando a produtividade e conforto dos usuários no escritório.

Como escolher um PC para empresa?

Mulher pensando sobre qual a melhor marca de pc para comprar

Escolher o PC certo para sua empresa é uma decisão crucial que pode impactar diretamente a produtividade e eficiência do seu time. 

Existem diversos fatores a serem considerados, desde a durabilidade do produto passando, inclusive, pelas suas necessidades de mobilidade e o custo-benefício do equipamento. 

Entender essas variáveis ajudará a tomar a melhor decisão para o que a sua empresa, especificamente, necessita.

Vamos explorar, então, cada um desses pontos-chave com exemplos práticos.

Durabilidade

A durabilidade é essencial para garantir que o equipamento suporte o uso diário intenso e tenha uma vida útil longa. 

Assim, se a sua empresa trabalha em um ambiente onde os PCs são utilizados constantemente, como call centers ou escritórios de design, optar por desktops com componentes robustos e resistentes pode ser mais vantajoso. 

Afinal de contas, esses PCs são geralmente mais fáceis de reparar e atualizar, prolongando seu ciclo de vida.

Necessidades de mobilidade

A mobilidade é fundamental para empresas que possuem funcionários trabalhando remotamente ou que precisam se deslocar frequentemente.

Como vimos, um notebook pode ser o ideal se os seus funcionários se deslocam constantemente ou, até mesmo, se convivem com um regime híbrido ou de home office.

Independentemente, vale a pena identificar as características da sua empresa para avaliar quais setores podem se beneficiar mais de notebooks leves e portáteis, como os ultrabooks — que podem ser levados para qualquer lugar, seja no escritório do cliente ou em casa — ou desktops.

Saiba mais: 3 etapas para adaptar sua infraestrutura de tecnologia ao trabalho remoto

Custo-benefício

O custo-benefício envolve avaliar não apenas o preço inicial, mas também os custos operacionais e a longevidade do equipamento. Quer entender isso na prática, com um bom exemplo? Vamos a ele.

Digamos que uma startup com orçamento limitado tenha que decidir-se pelo modelo mais alinhado ao seu orçamento, exclusivamente. Com isso, os gestores podem optar por notebooks de gama média que ofereçam um bom equilíbrio entre desempenho e custo. 

Isso, por sinal, permite obter dispositivos adequados sem comprometer financeiramente a empresa. 

Além disso, considerar a possibilidade de upgrades futuros pode garantir que os PCs permaneçam relevantes por mais tempo.

Veja também: Conheça os benefícios que o aluguel de notebooks pode trazer para sua empresa e seus funcionários

Conclusão

Escolher o PC ideal para sua empresa requer uma análise cuidadosa das necessidades específicas de cada departamento e organização.

Para isso, entender se um notebook ou desktop é mais adequado para o seu negócio depende de diversos fatores, como mobilidade, espaço disponível e versatilidade. 

Avaliar as diferenças entre os dois tipos de PCs, como design, portabilidade, consumo de energia, opções de personalização, resfriamento e performance, ajudará a tomar uma decisão informada.

Durabilidade é fundamental para garantir que os PCs suportem o uso diário intenso e tenham uma vida útil longa. Para empresas que precisam de mobilidade, notebooks leves e portáteis são ideais, especialmente para trabalhadores remotos ou em regime híbrido.

Já o custo-benefício deve ser avaliado não apenas pelo preço inicial, mas também pelos custos operacionais e a possibilidade de upgrades futuros.

Além disso, o aluguel de computadores pode ser uma alternativa vantajosa, oferecendo flexibilidade, evitando a depreciação dos equipamentos e garantindo suporte contínuo.

Com essas informações, você está mais preparado para escolher o PC que vai impulsionar a produtividade e eficiência do seu negócio. E se precisar de ajuda adicional, a Office Total está pronta para fornecer a melhor solução de aluguel de computadores para a sua empresa!