Hoje mostraremos a vocês os tipos de papéis, suas funções e qual o ideal para as impressões da sua empresa.

O dono de uma empresa tem tantas responsabilidades e tantas coisas para resolver, que a última coisa em mente é o tipo de papel mais adequado para impressoras da empresa, certo?

Porém, este é um tema importante que não pode ser deixado de lado, pois cada tipo de papel conta com diferentes objetivos, e utilizando-os de forma correta, o processo de impressão se torna mais vantajoso, o que traz mais qualidade e ainda pode reduzir custos.

Leia também:

Hoje mostraremos a vocês os tipos de papéis, suas funções e qual o ideal para as impressões da sua empresa.

Para impressoras com cartucho de tinta

As impressoras jato de tinta oferecem ótima qualidade para seus documentos impressos, principalmente para arquivos com gráficos ou fotografias. Existe uma grande variedade de papéis que podem ser utilizados nela, que são:

  • Papel sulfite: o mais comum e o mais utilizado nas empresas e escritórios. Pode ser impresso frente e verso, atingindo um ótimo nível de qualidade.
  • Papel foto: como o próprio nome diz, é utilizado geralmente para imprimir fotografias. O papel fotográfico possui a face brilhante, deixando as cores da impressão mais vibrantes
  • Papel cardstock: geralmente utilizado para convites, cartões pessoais ou cartões de visitas. Seu material é bem resistente. Ótima opção para imprimir documentos que serão utilizados em longo prazo.
  • Papel matte: assim como o sulfite, pode ser impresso frente e verso e conta com secagem rápida. Ótima opção para o uso diário.
  • Papel brilhoso: por ser muito parecido com o papel foto, eles muitas vezes são confundidos. Neste caso, o brilhoso leva mais tempo para secar a tinta, o que requer mais cuidado para não borrar ou manchar a folha.
  • Papel reciclado: semelhante ao matte e ao sulfite, porém é totalmente reciclável. Em vez de branco, possui cores e foi feito para preservar o meio ambiente.

Para impressoras com toners a laser

Apesar do suprimento da impressora a laser ser mais caro do que o da jato de tinta, dependendo dos documentos, aqui você ganha mais desempenho na produtividade.

No caso de documentos que contam apenas com textos, ou seja, sem imagens e gráficos, o toner a laser é a melhor opção. Conheça os papéis mais recomendados para este caso:

  • Papel couchê: nos dias de hoje, é considerado um dos melhores papéis por contar com uma incrível qualidade de impressão e nitidez. Ele conta com vários tipos e formatos, cada um para um estilo de aplicação.
  • Papel laser: desenvolvido exclusivamente para impressões a laser, onde segura o pó do toner de maneira eficiente. Ótima escolha para imprimir etiquetas ou cheques.
  • Papel branco brilhante: geralmente o mais utilizado para imprimir arquivos e documentos em impressoras com toners a laser. Neste caso, você pode utilizar as duas faces da folha, imprimindo imagens ou textos de forma simples e rápida.
  • Papel vegetal: conhecido pela sua textura transparente e muito utilizado por arquitetos e engenheiros. Como esta folha é pouco resistente, é preciso ter cuidado no manuseio.

Como dissemos anteriormente, antes de escolher o papel, é necessário ter em mente o tipo de documento que você quer imprimir. Seguem algumas informações importantes que podem te ajudar a escolher:

  • Opacidade: é o que determina a transparência do papel. Quanto maior a opacidade, menor o risco da impressão ficar visível no verso.
  • Brilho: nos dá uma referência de contraste e reflexo de como o papel vai segurar a tinta. Numa escala de 1 a 100, papéis utilizados em escritórios variam entre 80 a 100, e papéis fotográficos ficam na casa dos 92. Quanto maior o brilho, maior a qualidade.
  • Tamanho: apesar do papel A4 ser o modelo mais utilizado nas impressões de documentos, ainda existem diversos outros papéis com diferentes dimensões e objetivos, como:
  • A3: papel com dimensões ideais para imprimir cadernos, revistas ou livros, tendo o dobro do tamanho do papel de carta.
  • A2: papel utilizado para banners e cartazes, porém impressoras comuns de escritório não suportam este tipo de papel.
  • A1: papel que tem a mesma função que o A2, ou seja, próprio para cartazes, com maior dimensão.
  • Papel carta: um pouco menor que o papel A4. Como o próprio nome diz, é muito utilizado em escritórios para montar cartas.
  • Papel ofício: geralmente utilizado para documentos com assinaturas e fins legais.

Gramatura: é a espessura do papel. Quanto mais densidade, mais grosso é o material.

Documentos com mais gramatura são mais pesados, o que pode encarecer o envio.

Acabamento: é aqui que se define a qualidade de impressão do papel, normalmente calculada pelo seu nível de textura. Quanto mais brilho, cobertura, opacidade, serigrafia e matte, mais qualidade você terá em sua impressão.

Pilha da papéis sulfite

Espero que todas essas informações tenham lhe ajudado e esclarecido suas dúvidas, pois agora você já está bem mais preparado para escolher o papel que vai utilizar em seu trabalho.

Não quer mais ter esse tipo de preocupação?

Entre em contato com nossa equipe de soluções de impressão da Office Total e usufrua do conhecimento de nossos profissionais e do nosso serviço de outsourcing de impressão! Nós economizamos seu tempo fornecendo serviço de impressão e cópias em equipamentos modernos, suprimentos e manutenções, otimizando o desempenho do trabalho da sua empresa.

Saiba mais sobre os benefícios do outsourcing de impressão.